Do Editor: Energia solar vem para ficar

Dois dados interessantes a respeito do assunto recentemente. O governo federal fará dois leilões este ano, em setembro e outubro, para a construção de um parque de energia solar no País. Já não era sem tempo.

Energia limpa, renovável, cujo maior inconveniente é o uso do solo para a instalação dos painéis ou estações. O que envolve a desapropriação da terra, pagamento de indenizações e etc. For a isso, o Brasil, ensolarado como é, tem tudo para adotar essa alternativa como uma de suas principais fontes de energia.

Na Alemanha, por exemplo, se produz mais de 32 mil MW de energia solar. Na Itália, 16 mil MW. E são países territorialmente menores e com menos insolação do que o Brasil. Por outro lado, China e EUA estão investindo pesado em tecnologia de captação e armazenamento de energia solar.

Já há cerca de 200 projetos interessados em participar dos leilões por aqui, todos visando a geração de energia que será comprada pelo próprio governo a R$ 250 o MWh.

Painéis solares no telhado do Novotel Morumbi, em São Paulo: uso em expansão
Painéis solares no telhado do Novotel Morumbi, em São Paulo: interesse em expansão

Sob o prisma do mercado de luxo, há uma grande oportunidade também. Energia limpa associada a produção de luxury goods em território nacional seria uma forma de diferenciar a indústria e os serviços de luxo brasileiros do resto do mundo. Hotéis já têm feito essa escolha com mais frequencia, se provendo do Sol para aquecimento térmico de caldeiras, piscinas, ambientes. Mas há muito ainda o que investir e aproveitar dessa possibilidade. Vamos apostar e propagar nessa ideia?

Fabiano Mazzei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s